O cantor Ed Sheeran fala durante a cerimônia BRIT Awards 2018, onde recebeu o prêmio Global Success, em Londres, na Inglaterra – 21/02/2018 (Daniel Leal-Olivas/AFP)

Ed Sheeran, mais uma vez, está sendo acusado de plágio. Segundo o site TMZ, a empresa Structured Asset Sales abriu um processo de 100 milhões de dólares (385 milhões de reais, aproximadamente) contra o cantor, afirmando que a música Thinking Out Loud é uma cópia de Let’s Get It On, de Marvin Gaye.

A canção foi escrita por Gaye e Edward Towsend em 1973. Towsend morreu em 2003 e a Structured Asset Sales comprou um terço dos direitos autorais da música. O processo afirma que a canção de Sheeran tem a mesma melodia, ritmo, harmonia, batida, linha de baixo, backing vocal, andamento, síncope e loop de Let’s Get It On.

Sheeran já foi acusado de plágio anteriormente por essa mesma canção, em processo movido pela família de Towsend. Por enquanto, a família de Marvin Gaye não se manifestou sobre a abertura de uma ação sobre a música.

Fora esses dois processos, o cantor ainda foi alvo de outras duas ações que o acusavam de plágio, incluindo uma que afirmava que ele havia copiado o hit Photograph de Amazing, música dos compositores Martin Harrington e Thomas Leonard. Em 2017, ele fechou um acordo com os músicos para colocar fim ao processo.

VEJA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.