O órgão quer que Flávio Bolsonaro possa dar depoimento que ajude no esclarecimento do caso

O Ministério Público do Rio de Janeiro aguarda nesta quinta-feira (10) o depoimento do senador eleito Flávio Bolsonaro. Ele prestará esclarecimentos sobre o seu ex-assessor, Fabrício Queiroz, que teve movimentação atípica de R$ 1,2 milhão entre os anos de 2017 e 2018.

O órgão quer que Flávio Bolsonaro possa dar depoimento que ajude no esclarecimento do caso. Entre 2017 e 2018, o Coaf detectou que passaram pelas contas de Queiroz mais de R$ 1 milhão.

Em entrevista, o ex-assessor disse que fazia negócios de compra e venda de veículos. Por sua vez, Flávio Bolsonaro afirmou que foi surpreendido por essa movimentação atípica e que cabe a Queiroz esclarecer os fatos.

Apesar de O MP estar mobilizado para o depoimento do filho do presidente da República, ninguém confirma a presença dele.

Fonte: JOVEM PAN 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.