Anuncie no São Bento em Foco
POLICIAL

Criança de 10 anos pula do 1º andar para evitar que o pai a estupre

A menina buscou ajuda e foi socorrida por um vizinho. Ela se queixava de dores na perna e no pé. Socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ela foi internada no Centro de Pediatria do Instituto José Frota (IJF) de Fortaleza.

10/09/2019 07h37
Por: São Bento em Foco
Fonte: POLÊMICA PARAÍBA

Uma menina de 10 anos contou que teve de pular do primeiro andar de uma casa para fugir do pai, que tentava estuprá-la. O caso aconteceu no domingo (8/9), em Fortaleza, capital do Ceará. A criança foi socorrida por ambulância do Samu e encaminhada ao hospital. O pai dela fugiu e é procurado pela polícia.
Continua depois da publicidade

 

Em nota, a Secretaria de Segurança do Ceará informou que a menina passava o fim de semana na casa do pai. Segundo o comunicado, a criança contou que o homem tapou a boca da filha e tentou violentá-la, mas ela conseguiu escapar e pulou da janela.

Pedido de socorro

A menina buscou ajuda e foi socorrida por um vizinho. Ela se queixava de dores na perna e no pé. Socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ela foi internada no Centro de Pediatria do Instituto José Frota (IJF) de Fortaleza.

Segundo o relato da secretaria, o pai ainda foi à residência do homem que socorreu a criança, mas o dono da casa fechou o portão e chamou a polícia. De acordo ainda com as autoridades policiais cearenses, o suspeito, de 34 anos, tem passagens pela polícia por violência doméstica, três crimes de furto e três assaltos a mão armada.

O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e será transferido para a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (DCECA), que ficará responsável pelas investigações.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários