Anuncie no São Bento em Foco
VALE

CPI de Brumadinho pede indiciamento de cúpula da Vale por homicídio

Barragem da mineradora se rompeu no dia 25 de janeiro matando ao menos 249 pessoas

13/09/2019 07h24
Por: São Bento em Foco
Fonte: JOVEM PAN
Barragem da mineradora se rompeu no dia 25 de janeiro matando ao menos 249 pessoas
Barragem da mineradora se rompeu no dia 25 de janeiro matando ao menos 249 pessoas

O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Barragem de Brumadinho pede o indiciamento por homicídio doloso eventual de 13 funcionários da Vale e da TÜV SÜD, incluindo o ex-presidente e um ex-diretor da estatal. O documento foi lido na manhã desta quinta-feira (12) na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em Belo Horizonte, e aprovado à tarde por unanimidade.

Segundo informações do G1, o texto de mais de 300 páginas do relator, deputado André Quintão (PT), também faz mais de uma centena de recomendações a órgãos públicos para indenizar as vítimas e os municípios afetados e evitar novos desastres na mineração.

“A Vale tinha vários elementos que atestavam a instabilidade da barragem. Usou um laudo falso com fator de segurança abaixo das metas recomendadas internacionalmente e pela própria Vale. Houve um fraturamento hidráulico em junho de 2018 e naquele momento já deveria ter sido acionado o plano de evacuação”, diz o relator.

A companhia ainda não se manifestou.

A barragem da Mina do Córrego do Feijão se rompeu no dia 25 de janeiro. Até o momento, 249 corpos foram identificados e outras 21 pessoas continuam desaparecidas.

O relatório pede o indiciamento de:

  • Makoto Namba (TÜV SÜD) – engenheiro
  • André Yassuda (TÜV SÜD) – engenheiro
  • Fábio Schvartsman (Vale) – diretor-presidente
  • Gerd Peter Poppinga (Vale) – diretor-executivo de Ferrosos e Carvão
  • Silmar Magalhães Silva (Vale) – diretor de Operações do Corredor Sudeste
  • Lúcio Flávio Gallon Cavalli (Vale) – diretor de Planejamento e Desenvolvimento de Ferrosos e Carvão
  • Rodrigo Artur Gomes de Melo (Vale) – gerente executivo do Complexo Paraopeba
  • Joaquim Pedro de Toledo (Vale) – gerente executivo de Planejamento e Programação do Corredor Sudeste
  • Alexandre de Paula Campanha (Vale) – gerente executivo de Governança da Geotecnia Corporativa
  • Renzo Albieri Guimarães Carvalho (Vale) – gerente de Geotecnia, vinculado à Gerência Executiva de Planejamento e Programação do Corredor Sudeste
  • Marilene Christina Oliveira Lopes de Assis Araujo (Vale) – gerente de Gestão de Estruturas Geotécnicas
  • Cristina Heloiza da Silva Malheiros (Vale) – engenheira geotécnica vinculada à Gerência de Geotecnia, Responsável Técnica pela barragem B1
  • César Augusto Paulino Grandchamp (Vale) – geólogo vinculado à Gerência Executiva de Planejamento e Programação do Corredor Sudeste
 
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários