INOVAÇÃO

Pesquisador da UFPB cria Web App para doação de sangue virar rotina

Aplicação permite colecionar figurinhas e indica o tempo que falta para doar novamente

17/10/2019 07h34
Por: São Bento em Foco
Fonte: Clickpb

O pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Paulo Serrano criou um Progressive Web App (PWA), evolução híbrida entre as páginas da web regulares e aplicativo móvel, para que a doação de sangue vire rotina.

O novo modelo de aplicação denominado de Pontos de Vida é gratuito, tem código livre, ou seja, concede aos usuários o direito de uso, cópia, estudo, mudança e melhoria, e será lançado e testado publicamente, pela primeira vez, nesta quarta-feira (16), às 9h30, no Hemocentro da Paraíba, no Centro de João Pessoa.

Às 8h30, Caravana Solidária, projeto do Hemocentro com o objetivo de buscar os doadores onde eles estiverem, partirá do Departamento de Mídias Digitais, no campus I, em João Pessoa.

Para fazer parte do Pontos de Vida, é preciso acessar o endereço eletrônico no navegador Google Chrome do smartphone. Na tela inicial, é possível visualizar todas as figurinhas adquiridas a cada doação de sangue, por meio de QR Code disponibilizado em banner no Hemocentro.

Existe uma combinação única das figurinhas para cada álbum. Elas são educativas e divulgam informações relevantes sobre a doação de sangue. Ao adquiri-las, é solicitado que o doador indique sua intenção de retorno à unidade de saúde. O aplicativo fica encarregado de lembrá-lo do tempo que falta para a próxima doação.

“O Progressive Web App é uma solução recente oferecida pela Google, empresa americana de serviços online e software. Agora, estamos focados em promover melhorias, inserir novos recursos, permitir a troca de figurinhas e formação de equipes para estimular ainda mais a doação de sangue”, adianta o pesquisador.

De acordo com Paulo Serrano, parara acessar o Web App, basta ter smartphone e acesso à internet. “O Hemocentro vai disponibilizar internet gratuitamente. Se o usuário armazenar o aplicativo no telefone, dedicará a ele apenas 5 Mb da memória do aparelho”.

Segundo o desenvolvedor, o Web App é, no fim das contas, uma gamificação para ações de marketing social. “As mecânicas de jogos aplicadas representem uma estratégia atrativa capaz de manter a atenção e o engajamento dos consumidores”, explica.

Conforme Serrano, “a adaptação de ações originalmente lúdicas, como aquelas encontradas nos jogos para as organizações, realizam-se em consonância a objetivos, de modo que ora podem aproximar o consumidor de uma marca, ora tornar desejável o consumo de algum produto ou serviço”, teoriza.

O Pontos de vida vem sendo desenvolvido há um ano e meio, sob orientação do professor Nelsio Abreu. A tese que fundamenta a criação do aplicativo deve ser defendida em 29 de novembro.

Seis estudantes do curso de Comunicação em Mídias Digitais da UFPB participam do estudo, por meio do projeto de extensão “Interfaces livres”, coordenado pelo pesquisador, através do Programa de Bolsas de Extensão (Probex) da instituição. O Hemocentro da Paraíba apoia a iniciativa.

Orientações para doação

Para doar sangue é necessário apresentar documento oficial com foto, ter mais de 16 anos, pesar acima de 50 kg, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não fumar nas duas horas que antecedem a doação, não estar em uso de medicamentos, gozar de boa saúde e estar bem alimentado.

Todo o processo demora cerca de uma hora. A coleta, especificamente, leva, no máximo, 15 minutos e consiste na retirada de, em média, 450 ml de sangue, realizada com material estéril, de uso único e descartável.

O Hemocentro da Paraíba tem 13 unidades de hemoterapia e hematologia distribuídas pelo Estado. O serviço pode ser agendado pelas organizações interessadas pelo telefone (83) 3218-7601/7611, nos horários de funcionamento das unidades do Hemocentro da Paraíba: de segunda à sexta-feira, das 7 às 17h30, e aos sábados, das 7 às 17h.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias