Conselho Tutelar

Ministério Público pediu impugnação de 02 conselheiros eleitos em São Bento

Não há prazo para a justiça decidir sobre o caso. A posse dos eleitos está marcada para dia 10 de janeiro.

13/11/2019 08h57
Por: São Bento em Foco
Fonte: Clinton Medeiros

O Ministério Público pediu a impugnação de dois conselheiros tutelares eleitos em outubro passado na cidade de São Bento, Alan de Evangelma e Erisson Carneiro. O processo de investigação comandado pelo promotor Dr. Osvaldo Lopes foi encaminhado à justiça estadual que deve tomar procedimentos em breve.

O detalhe desses dois conselheiros eleitos é que ambos foram os mais votados na eleição de pouco mais de um mês atrás. No link abaixo o leitor pode relembrar o caso dos denunciados

ARQUIVADO – Nas investigações estava incluído o nome de Jonecarlos Soares, que na eleição ficou na 1ª suplência e que atualmente exerce o cargo. Porém no despacho o promotor não viu irregularidades e arquivou a denúncia, ou seja, Jonecarlos foi inocentado de qualquer problema no pleito.

Um detalhe é que caso a justiça decida por invalidar os dois candidatos, Alan e Erisson, o próprio Jonecarlos vira conselheiro titular novamente, junto com Irmão Márcio que é o segundo suplente.

Não há prazo para a justiça decidir sobre o caso. A posse dos eleitos está marcada para dia 10 de janeiro.


 

Nesse outro link abaixo está o processo de investigação que inocentou Jonecarlos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias