Segue o Exemplo

Câmara de Paulista segue parecer do TCE e rejeita contas de 2016 de Severino de Orismídio

O ex-prefeito Severino Pereira Dantas não compareceu à sessão, mas contestou as irregularidades apontadas através do seu advogado, Dr. Rafael Santiago Alves.

27/11/2019 07h36
Por: São Bento em Foco
Fonte: FalaPB
A Câmara Municipal de Paulista rejeitou na amnhã desta terça-feira, dia 26, por sete votos favoráveis e dois contra, as contas do ex-prefeito Severino pereira Dantas (PTB) referentes ao exercício de 2016. Os parlamentares seguiram o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE/PB).
O relatório do Tribunal de Contas apontou várias irregularidades nas contas de 2016 do ex-prefeito, como: o déficit financeiro no final do exercício, não contribuição das obrigações previdenciárias e aplicação à menor de percentual nos limites constitucionais, especificamente em saúde e educação.
O ex-prefeito Severino PA Câmara Municipal de Paulista rejeitou na amnhã desta terça-feira, dia 26, por sete votos favoráveis e dois contra, as contas do ex-prefeito Severino pereira Dantas (PTB) referentes ao exercício de 2016. Os parlamentares seguiram o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE/PB).
O relatório do Tribunal de Contas apontou várias irregularidades nas contas de 2016 do ex-prefeito, como: o déficit financeiro no final do exercício, não contribuição das obrigações previdenciárias e aplicação à menor de percentual nos limites constitucionais, especificamente em saúde e educação.
O ex-prefeito Severino Pereira Dantas não compareceu à sessão, mas contestou as irregularidades apontadas através do seu advogado, Dr. Rafael Santiago Alves.
O relator da Comissão Mista da Casa, vereador José Umberto Nunes Filho (Betinho Sabiniano - PTdoB), que seguiu o TCE, declarou que seu parecer foi baseado em “uma questão técnica” com base o parecer do Tribunal de Contas.
Votaram com o relator: Possidonio Fernandes, Finoca, Flavio Redeiro, Cicero de Ademar, Amaral e Sonia Maria.
Votaram Contra: Avelino e Neuma Dantas.ereira Dantas não compareceu à sessão, mas contestou as irregularidades apontadas através do seu advogado, Dr. Rafael Santiago Alves.
O relator da Comissão Mista da Casa, vereador José Umberto Nunes Filho (Betinho Sabiniano - PTdoB), que seguiu o TCE, declarou que seu parecer foi baseado em “uma questão técnica” com base o parecer do Tribunal de Contas.
Votaram com o relator: Possidonio Fernandes, Finoca, Flavio Redeiro, Cicero de Ademar, Amaral e Sonia Maria.
Votaram Contra: Avelino e Neuma Dantas.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias