Ossada

Ossada humana é encontrada que pode ser de membro de quadrilha que explodiu o banco do Bradesco em Brejo do Cruz, leia

A ossada foi conduzida pela equipe técnica do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) após perícia no local para a na sede do órgão em Mossoró.

07/02/2020 15h41
Por: São Bento em Foco
Fonte: Icém Caraúbas

Uma ossada humana foi encontrada na manhã de quinta-feira (6), por volta das 10h, em uma propriedade rural do município de Campo Grande no Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), um morador da fazenda Cacimba teria encontrado os ossos e acionou a polícia.

A polícia foi informada que uma ossada humana se encontrava na fazenda Cacimba. De imediato a Polícia Militar de Campo Grande e Janduís, juntamente com a Polícia Civil foi até o local e confirmaram a veracidade dos fatos.

De acordo com a Polícia Militar, o local que a ossada foi encontrada fica cerca de mil metros da residência onde houve um confronto entre a quadrilha que explodiu e roubou a agência do Bradesco de Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba, no dia 3 de setembro de 2017, a polícia suspeita que a ossada possa ser de algum dos criminosos que fugiram durante o confronto, no entanto, a polícia informou a reportagem do site Icém Caraúbas que não está descartado a hipótese de ter sido uma desova.

A ossada foi conduzida pela equipe técnica do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) após perícia no local para a na sede do órgão em Mossoró.

A polícia militar pede para quem tenha uma pessoa desaparecida na família procurar o ITEP Mossoró para fazer exame DNA, com objetivo de ajudar na identificação da ossada.

Fonte: Icém Caraúbas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias