Domingo, 31 de Maio de 2020 17:26
(83) 9 9602 8302
São Bento RECOMENDAÇÕES

Coronavírus: Promotoria recomenda cumprimento de plano para o comércio em São Bento e Paulista

Os municípios deverão flexibilizar, a partir do dia 13 de abril, o funcionamento das lojas de materiais de construção e oficinas mecânicas e de peças, barbearia, salão de beleza

01/04/2020 16h28
Por: São Bento em Foco Fonte: MPPB
Coronavírus: Promotoria recomenda cumprimento de plano para o comércio em São Bento e Paulista

O Ministério Público da Paraíba recomendou aos Municípios de São Bento e Paulista que adotem as medidas relacionadas ao comércio definidas no plano estratégico elaborado na última terça-feira (31/03), em reunião promovida pelo promotor de Justiça Osvaldo Lopes e representantes das prefeituras, Polícia Militar, Vigilância Sanitária, Secretaria de Saúde e direção de unidade hospitalar.

De acordo com a recomendação, deve ser adotada uma cartilha, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico/Administrativo com a liberação das atividades condicionada à situação de controle epidemiológico, conforme indicações do Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Município.

Além disso, foi criada uma força-tarefa de fiscalização formada pelo MPPB, a Secretaria Municipal de Saúde, através da Diretoria de Vigilância à Saúde e à Gevisa, Procon local, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, OAB, Secretaria de Meio Ambiente, Procuradoria Municipal.

Segundo o promotor, com base em decreto municipal que entrou em vigor no dia 21 de março, já estão em atividade, entre outros, as empresas dos setores considerados essenciais, a exemplo de farmácias e supermercados, postos de combustíveis e outros.

 

Mais medidas

Os municípios deverão flexibilizar, a partir do dia 13 de abril, o funcionamento das lojas de materiais de construção e oficinas mecânicas e de peças, barbearia, salão de beleza (com horário pré-agendado), lojas de confecção, depósito de fio e teares, todas com as medidas de precaução de higiene, evitando aglomeração, com número reduzido de funcionários, mantendo a distância mínima de um metro por pessoa e utilização de EPI. O atendimento ao público nesse tipo de comércio será das 8h às 14h.

Ainda conforme o plano estratégico, a previsão é que, a partir de 13 de abril, das 8h às 14h, aconteça a abertura, gradativa e sob condições, do comércio e setor de serviços. A exceção ainda são:  shopping das redes, galerias comerciais, escolas públicas e particulares, academias de práticas de exercícios físicos instaladas em ambientes fechados, além de templos religiosos, feira livre, casas de eventos, bares, restaurantes, áreas de lazer, mercado público, aglomeração de qualquer natureza.

Osvaldo Lopes informou que permanecem em análise, contudo, os casos de escolas públicas e particulares, academias de práticas de exercícios físicos instaladas em ambientes fechados, atividades religiosas e eventos, de modo geral.

Todos os comércios citados existentes no município deverão manter rotinas de prevenção para conter a disseminação da Covid-19, como a disponibilização de álcool gel 70% em todas as entradas do comércio; aumento da distância entre cadeiras, mesas e filas e da frequência de higienização de superfícies; entre outros.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias