Segunda, 25 de Maio de 2020 17:57
(83) 9 9602 8302
Policial VENENO

Revoltada com proibição de namoro, jovem envenena a própria família

A mãe conta que a filha insistiu para que ela tomasse a bebida. Em seguida, ela serviu o suco para os filhos e o sobrinho.

19/05/2020 07h10
Por: São Bento em Foco Fonte: G1
Revoltada com proibição de namoro, jovem envenena a própria família

Uma adolescente de 16 anos envenenou a própria família, em Santarém, no Pará, no sábado (9). De acordo com Simone Leal Galúcio, de 43 anos, mãe da jovem, ela, os outros três filhos de 7, 10 e 12 anos e um primo de 2 anos da garota, tomaram um suco envenenado.

A mãe conta que a filha insistiu para que ela tomasse a bebida. Em seguida, ela serviu o suco para os filhos e o sobrinho. Depois de um tempo, o marido de Simone foi para casa e percebeu que uma das filhas estava desmaiada.

Ele chamou a esposa, que ainda estava acordada, e pediu para que ela pegasse uma bermuda para ele trocar de roupa e levar a criança para o posto médico. No entanto, Simone desmaiou antes de entregar a roupa.

O marido dela a levou junto às crianças para o pronto socorro. Segundo o G1, eles apresentaram vômito e náuseas, e chegaram a ser hidratados com soro antes da transferência para o Hospital Municipal Alberto Tolentino Sotelo, no domingo.

A adolescente fugiu de casa, mas horas depois resolveu se entregar no posto policial. Por ser menor de idade, uma tia ficou responsável em levá-la para a 16ª Seccional de Polícia Civil.

No domingo de manhã, a menor foi conduzida para escuta especializada na Delegacia Especializada da Criança e Adolescente (Deaca). De acordo com os pais, a motivação para que a adolescente colocasse veneno na bebida foi a não permissão para que ela namorasse outro adolescente de 17 anos.

Segundo o delegado que recebeu o caso, Jair Castro, a jovem vai responder ato infracional análogo ao crime de envenenamento por substância não alimentícia, com reclusão de até três anos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias