Sábado, 08 de Agosto de 2020 21:09
(83) 9 9602 8302
Paraíba INVESTIGAÇÃO

Lista com nomes de pessoas que receberam auxílio emergencial indevidamente deve crescer; CGU trabalha com novos cruzamentos de dados na Paraíba

A Controladoria Geral da União encaminhou à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal (MPF), na segunda-feira (06), uma lista com quase 30 mil nomes de pessoas que receberam o benefício.

09/07/2020 06h28
Por: São Bento em Foco Fonte: ClickPB
Lista com nomes de pessoas que receberam auxílio emergencial indevidamente deve crescer; CGU trabalha com novos cruzamentos de dados na Paraíba

A lista com nomes de pessoas que receberam indevidamente o auxílio emergencial do Governo Federal deve aumentar, pois a Controladoria Geral da União (CGU), na Paraíba, já está trabalhando com novos cruzamentos de dados. A informação foi repassada ao portal, pelo superintendente do órgão, Severino Queiroz. 

Além do documento encaminhado, na segunda-feira (06), à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal (MPF), com cerca de 30 mil nomes, a CGU também já enviou ofícios para as prefeituras e Câmaras de Vereadores da Paraíba, assim como também Governo do Estado e autarquias como Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. 

Agora, a Controladoria Geral da União trabalha com novos cruzamentos para identificar mais nomes de pessoas que receberam indevidamente o auxílio. “Vamos trabalhar em outras bases, fazer novos cruzamentos e possivelmente identificar novos casos”, afirmou.

De acordo com Severino Queiroz, os municípios da Região Metropolitana de João Pessoa já receberam o ofício com os nomes dos servidores públicos que receberam o benefício. “As prefeituras não são obrigadas a notificar. Estamos pedindo parcerias nessa investigação”, frisou. A CGU pede que as pessoas que receberam indevidamente entre nos canais e façam a devolução e evitem uma ação penal. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias