Sexta, 25 de Setembro de 2020 01:38
(83) 9 9602 8302
Paraíba CAMPANHA DO BEM

Campanha pede doações para tratamento de criança com doença genética rara

A doença genética rara, também chamada de AME, foi diagnosticada no bebê em Recife, Pernambuco.

13/08/2020 06h46
Por: São Bento em Foco Fonte: ClickPB
Campanha pede doações para tratamento de criança com doença genética rara

Uma campanha de financiamento coletivo no site Vakinha foi criada por Carla Fabíola de Paula Melo, de João Pessoa, para arrecadar doações para o bebê Heitor, que sofre de Atrofia Moscilar Espinhal. A meta anunciada é de R$ 85 mil, e o arrecadado até ontem (12) era de R$ 24.765.

A doença genética rara, também chamada de AME, foi diagnosticada no bebê em Recife, Pernambuco. 

Segundo a página da campanha no site Vakinha, o bebê nascido em 8 de maio de 2020 teve de ficar na UTI Neonatal por 21 dias, até receber alta para ficar em casa com a família. 

Em 25 de junho, ele voltou a ser internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), e posteriormente transferido para Recife, onde foi obtido o diagnóstico da doença.

"A expectativa da vida é muito baixa, o tratamento é caríssimo, a qualidade de vida depende muito de como o paciente evolui, e nem todo lugar sabe tratar um paciente com essa doença. Não sei o que dizer, não sei o que pensar,  estou sem chão, não existe palavra de consolo, não existe metafísica que justifique. Não consigo conversar ainda sobre isso. Talvez um dia me acostume, talvez nunca. Agradeço de coração a força, o cuidado e a dedicação dos meus amigos. Se Heitor conseguir falar algum dia, depois de “papai” e “mamãe” eu quero que ele aprenda a pronunciar a palavra: “obrigado”", diz a publicação.

Confira aqui o link da campanha.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias