Quinta, 24 de Setembro de 2020 23:26
(83) 9 9602 8302
Dólar comercial R$ 5,51 -1.38%
Euro R$ 6,42 -1.56%
Peso Argentino R$ 0,07 -1.757%
Bitcoin R$ 62.441,68 +0.376%
Bovespa 97.012,07 pontos +1.33%
Brasil VÍDEO

Homem agradece Bolsonaro pelo auxílio emergencial e afirma que dinheiro foi usado para iniciar negócio e presidente responde: 'é pouco, mas é muito pro Brasil'

No vídeo, é possível ouvir o beneficiário revelando ao presidente que o dinheiro o ajudou a iniciar um novo negócio já que precisou parar o trabalho em eventos por causa da pandemia.

10/09/2020 10h31
Por: São Bento em Foco Fonte: ClickPB
Homem agradece Bolsonaro pelo auxílio emergencial e afirma que dinheiro foi usado para iniciar negócio e presidente responde: 'é pouco, mas é muito pro Brasil'

Um homem agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro pela implantação do auxílio emergencial durante a pandemia do Coronavírus. No vídeo, é possível ouvir o beneficiário revelando ao presidente que o dinheiro o ajudou a iniciar um novo negócio já que precisou parar o trabalho em eventos por causa da pandemia. 

"Gostaria de agradecê-lo. O auxílio emergencial me ajudou a iniciar o meu empreendimento, eu trabalho com produção de eventos e tive que parar por conta de toda essa situação. Minha esposa usa parte do auxílio dela para manter a residência e eu usei para empreender. Eu sou muito grato ao senhor", disse o beneficiário. 

Bolsonaro disse que sabe que o dinheiro é pouco, mas é muito para o Brasil. Ele também agradeceu ao homem. 

O presidente frizou que o auxílio era para durar apenas três meses, porém já foi estendido para nove meses. No entanto, ele reafirma que o país não aguenta R$ 50 bilhões por mês.

Bolsonaro também fala que conversou com autoridades de supermercados e que na ponta da linha o preço chega para eles e que estão se empenhando para reduzir o valor da cesta básica. Ele também afirmou sobre a queda no preço do arroz, e que será normalizado. 

A Câmara de Comércio Exterior (Camex), vinculada ao Ministério da Economia, decidiu nesta quarta-feira (9) zerar a alíquota do imposto de importação para o arroz em casca e beneficiado. A isenção tarifária valerá até 31 de dezembro deste ano. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias