Segunda, 26 de Outubro de 2020 21:02
(83) 9 9602 8302
Política VICE-GOVERNADORA

Apesar de divergências partidárias nestas eleições, Lígia reforça sintonia com João: “Somos todos governo”

Sempre presente às agendas administrativas da gestão estadual, ao lado de João, Lígia deixa claro que é necessário separar a política da gestão.

15/10/2020 06h05
Por: São Bento em Foco Fonte: PBAgora
Apesar de divergências partidárias nestas eleições, Lígia reforça sintonia com João: “Somos todos governo”

A vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano, do PDT, colocou um fim às especulações sobre um possível racha com João Azevêdo (Cidadania) após optar por um caminho alternativo na disputa pela prefeitura de João Pessoa, com apoio à pré-candidata do PV, Edilma Freire, em vez de seguir a orientação do governador, que fechou aliança com o ex-senador Cícero Lucena (PP).

Sempre presente às agendas administrativas da gestão estadual, ao lado de João, Lígia deixa claro que é necessário separar a política da gestão, já que não apenas o partido do qual ela é filiada, mas também outros que integram o arco de aliança da gestão estadual tomaram caminhos diferentes na sucessão municipal em várias cidades da Paraíba.

“Diferenças não existem. Somos todos governos. A questão PDT, Cidadania e Democratas é que cada um tem os seus candidatos. Com relação ao governo do Estado, eu como vice-governadora sempre estou ao lado das ações do governo e ao lado do nosso governo para construir cada vez mais uma Paraíba melhor”, ressaltou Lígia.

Ainda na semana passada em Campina Grande, Lígia, ao lado de João, participou das entregas do Governo do Estado para a cidade. “Entregamos a segunda etapa do Eixo Das Nações, fruto de um investimento de mais de 3 milhões. Também foi assinado um contrato com a Caixa Econômica Federal (CEF), para a liberação de R$ 40 milhões de reais para o início das obras do Centro de Convenções de Campina Grande, uma conquista importante para os campinenses”, emendou.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias