Quarta, 25 de Novembro de 2020 15:53
(83) 9 9602 8302
Política CONDENAÇÃO

Justiça Eleitoral condena coligação do prefeito de Mulungu, candidato à reeleição, a pagar multa de R$ 30 mil após eventos de campanha com aglomeração durante pandemia

De acordo com a decisão do juiz eleitoral, Glauco Coutinho Marques, a coligação realizou eventos nos dias 12, 15 e 17 de outubro sem obedecer às normas sanitárias e causando aglomerações.

19/10/2020 11h05
Por: São Bento em Foco Fonte: ClickPB
Justiça Eleitoral condena coligação do prefeito de Mulungu, candidato à reeleição, a pagar multa de R$ 30 mil após eventos de campanha com aglomeração durante pandemia

A Coligação 'Mulungu não pode parar' foi condenada a pagar multa de R$ 30 mil por realizar eventos com aglomeração sem respeitar as normas sanitárias determinadas pelo Estado da Paraíba. A coligação é do atual prefeito e candidato à reeleição, Melquiades Nascimento. 

De acordo com a decisão do juiz eleitoral, Glauco Coutinho Marques, a coligação realizou eventos nos dias 12, 15 e 17 de outubro sem obedecer às normas sanitárias e causando aglomerações. 

Ainda de acordo com a decisão que o Portal teve acesso, "nas referidas imagens, constata-se a presença do candidato a prefeito e de pessoas reunidas, animadas e padronizadas com camisas da cor da coligação, com referência a nome e número de candidato a vereador, em pleno ato de campanha eleitoral".

Com a decisão a coligação deverá pagar uma multa no valor de R$ 30 mil por descumprimento da liminar. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias