Sexta, 22 de Janeiro de 2021 04:24
(83) 9 9602 8302
Dólar comercial R$ 5,36 0.985%
Euro R$ 6,52 +1.4%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.11%
Bitcoin R$ 180.582,52 -0.868%
Bovespa 118.328,99 pontos -1.1%
São Bento Dinheiro no Bolso

Prefeito Jarques Lúcio paga rateio de quase 300 mil reais do FUNDEB aos profissionais do magistério

Dos valores pagos, R$ 262.977,54 (duzentos e sessenta e dois mil, novecentos e setenta e sete reais e cinquenta e quatro centavos) foram destinados aos 206 funcionários efetivos. Os outros R$ 37.021,11 (trinta e sete mil, vinte e um reais e onze centavos foram rateados com 29 comissionados.

08/01/2021 20h39
Por: São Bento em Foco Fonte: ASCOM
Prefeito Jarques Lúcio paga rateio de quase 300 mil reais do FUNDEB aos profissionais do magistério

O prefeito do município de São Bento, Jarques Lúcio, pagou, nesta sexta-feira (08), o valor de R$ 299. 998,65 (duzentos e noventa e nove mil, novecentos e noventa e oito reais e sessenta e cinco centavos) aos profissionais do magistério da rede municipal, provenientes do rateio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica – FUNDEB.

Dos valores pagos, R$ 262.977,54 (duzentos e sessenta e dois mil, novecentos e setenta e sete reais e cinquenta e quatro centavos) foram destinados aos 206 funcionários efetivos. Os outros R$ 37.021,11 (trinta e sete mil, vinte e um reais e onze centavos foram rateados com 29 comissionados.

Cada profissional recebeu a quantia de R$ 1.276,59 (mil, duzentos e setenta e seis reais e cinquenta e nove centavos, gerando uma folha de, aproximadamente, 300 mil reais, distribuídos com os 235 servidores contemplados.

As atitudes do prefeito Jarques Lúcio e do Secretário Raimundo Maia demonstram, a cada dia, o compromisso e o respeito pelos servidores que fazem a Rede Municipal de Ensino de São Bento, mostrando-se sempre atentos à valorização dos profissionais da educação.

De acordo com o art. 22 da Lei 11.494, a chamada Lei do FUNDEB, os gestores precisam utilizar pelo menos 60% dos recursos com o custeio de pessoal. Caso haja sobra no ano de exercício financeiro, este valor pode ser dividido entre os profissionais, medida justa e correta tomada pelo gestor como reconhecimento pelo trabalho desenvolvido por esses profissionais do magistério.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias