Domingo, 25 de Julho de 2021 12:34
(83) 9 9602 8302
Brasil Brasil

Hallal compara comemorar curados da covid com gol do Brasil no 7x1

Pesquisador afirmou à CPI da Covid que taxa significa 16 milhões de pessoas doentes, com muitas delas sofrendo com sequelas

24/06/2021 17h05
Por: São Bento em Foco Fonte: R7

O epidemiologista Pedro Hallal, da Ufpel (Universidade Federal de Pelotas), comparou, em depoimento à CPI da Covid, a comemoração do número de recuperados da covid no Brasil ao único gol marcado pela Seleção Brasileira na goleada histórica sofrida contra a Alemanha na Copa do Mundo de 2014. 

"Comemorar 16 milhões de curados significa que 16 milhões de pessoas ficaram doentes, muitas delas vão ter sequelas de longo prazo. Não sei se a senhora tem, mas eu tenho algumas", disse à senadora Soraya Thronicke (PSL-MS). "Eu tenho", respondeu a senadora, que já contraiu covid-19. 

Hallal já havia feito a comparação antes, ao rebater a defesa do senador governista Luis Carlos Heinze (PP-RS), defensor do tratamento precoce contra a covid que costuma enfatizar em suas falas o número de recuperados da covid. 

A doença, porém, pode deixar sequelas até mesmo em infectados que tiveram casos leves. Uma pesquisa da Universidade de Medicina de Washington, nos Estados Unidos, mostrou que 3 em cada 10 pessoas diagnosticadas com covid tiveram sequelas até 9 meses depois da recuperação.

O Brasil soma até esta quinta-feira (24) 16.483.635 de pessoas que contraíram a covid-19 e não morreram. São mais de 500 mil mortes pela doença, com outros 1.179.137 casos confirmados ainda em acompanhamento. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias