Segunda, 29 de Novembro de 2021
36°

Pancada de chuva

São Bento - PB

Anúncio
Policial CRIANÇA SEGUE NA UTI

Adolescente vai responder por tentativa de homicídio contra o filho de 4 anos

A jovem admitiu perfurou, com uma caneta, o pescoço do menino de 4 anos, fruto de um estupro cometido pelo padrasto quando ela tinha 11 anos.

19/10/2021 às 10h18
Por: São Bento em Foco Fonte: MaisPB
Compartilhe:
Adolescente vai responder por tentativa de homicídio contra o filho de 4 anos

A adolescente de 15 acusada de tentar matar o próprio filho será encaminhada para o Centro de Atendimento Socioeducativo Rita Gadelha, em João Pessoa. A menina passa por acompanhamento psicológico e realizou exames depois de ter sido apreendida pela polícia no último final de semana. A jovem admitiu perfurou, com uma caneta, o pescoço do menino de 4 anos, fruto de um estupro cometido pelo padrasto quando ela tinha 11 anos.

De acordo com a promotora da Infância do Ministério Público da Paraíba (MPPB), Ivete Arruda, a jovem contou que passou a sentir muita dor no convívio com a criança. “Ela nos narrou que olhou para a criança na cama e veio na mente dela todas as cenas, como num filme, do que ela tinha passado durante os estupros. Ela decidiu tirar aquela dor e, pela segunda vez, tentou acabar com a vida da criança”, contou.

Ainda de acordo com a promotora, ao perceber que a criança estava perdendo as forças, ela gritou por ajuda, sendo atendida pelos funcionários da Casa de Acolhimento em que estavam alojados. Segundo a promotora da Infância, a jovem demostra amor pelo filho, mas muita raiva do agressor e da família que a abandonou. “A todo tempo ela demonstra isso na fala, porque a mãe não acreditou no que ela passava e ficou ao lado do agressor”.

A adolescente ainda pediu para ver o filho, o que não deve ocorrer. A criança permanece internada na UTI Pediátrica do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, em estado grave, e será encaminhada para um abrigo provisório após receber alta. Já a mãe da criança deve receber atenção psiquiátrica devido ao histórico de violência que sofreu.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias