A Segunda Turma da Corte vai julgar a solicitação de liberdade do ex-presidente, detido desde o dia 07 de abril na sede da Polícia Federal, em Curitiba

O pedido de habeas corpus de Luiz Inácio Lula da Silva será discutido na próxima terça-feira (04), no Supremo Tribunal Federal. A Segunda Turma da Corte vai julgar a solicitação de liberdade do ex-presidente, detido desde o dia 07 de abril na sede da Polícia Federal, em Curitiba.

A defesa solicitou a anulação da condenação de Lula no caso do triplex do Guarujá. Para os advogados, Sergio Moro foi parcial ao condenar Lula em primeira instância, já que o ex-magistrado aceitou assumir o Ministério da Justiça no governo de Jair Bolsonaro.

A defesa afirma que Moro demonstrou “inimizade capital” e “interesses exoprocessuais” ao condenar Lula, o que, no entender dos advogados, foi feito para afastar o ex-presidente do processo eleitoral.

Com a ausência de Lula como candidato à Presidência, o Partido dos Trabalhadores o substituiu por Fernando Haddad, que perdeu para Bolsonaro.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou parecer contrário ao habeas corpus, alegando que as acusações são “ilações infundadas”.

A Segunda Turma do STF é composta pelos ministros Edson Fachin, relator da Lava Jato, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Cármen Lúcia e Gilmar Mendes.

 

Fonte: JOVEM PAN 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here