Diante da crise gerada na economia brasileira, após a greve dos caminhoneiros, com o aumento dos preços e, não diferentemente de outras regiões do país, os moradores do município de São Bento, no Sertão da Paraíba, também estão sofrendo as consequências da inflação, sobretudo, os possuidores de veículos automotores, pois o valor de alguns combustíveis, como o etanol, por exemplo, varia em quase 12 % em alguns postos da cidade.

Na Capital Mundial das Redes, como se tornou mais conhecido o município sertanejo, os consumidores encontram o óleo diesel comum, oscilando entre R$ 3,53 a 3,63, a gasolina variando no intervalo de R$ 4,54 a 4,58 e o etanol, que chegou a custar R$ 3,19 após a greve, mas existe posto cobrando até 3, 55 pelo litro do álcool.

O Ministério da Justiça publicou, no dia 06 de junho do corrente ano, uma portaria no Diário Oficial da União (DOU), determinando que os Procons Municipais e Estaduais exijam dos Postos de Combustível a exibição dos preços do óleo diesel, de forma clara e ostensiva, antes e depois da paralisação dos caminhoneiros, porém, a medida não está sendo cumprida pelos estabelecimentos comerciais.

 

Leomarque Pereira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here